Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Benfica admite perdão parcial se hacker revelar identidade de quem lhe pagou

Caso o hacker Rui Pinto revele a identidade de quem lhe pagou para entrar nos servidores do Benfica, os encarnados admitem conceder um perdão parcial ao informático

Expresso

Partilhar

Caso o hacker Rui Pinto revele a identidade de quem lhe pagou para entrar nos servidores do Benfica, os encarnados estão dispostos a deixar cair o crime extorsão e admitem mesmo um perdão parcial ao informático, avançam o “Record” e o “Correio da Manhã” esta quinta-feira.

De acordo com o desportivo, o Benfica sempre considerou estar perante uma “rede criminosa”, tese que foi reforçada este mês, após terem sido divulgados documentos da PLMJ Advogados. “A face visível dessa rede criminosa tornou-se pública quando, através do Porto Canal, o diretor de comunicação do FCP surgiu como porta-voz do roubo dos emails”, disseram, então, as águias.

Em reação à detenção de Rui Pinto, a SAD encarnada fez ontem saber, em nota no site, que “estará à disposição das autoridades”, esperando “que este seja um passo importante para que se chegue à verdade e às motivações que possam ter estado por trás de um crime que tantos danos causou e continua a causar ao Benfica”.