Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Fisco espanhol abre investigação a Neymar

Meses antes de se mudar para França, Neymar ganhou um prémio de renovação de contrato do Barcelona de cerca de 54,4 milhões de euros brutos; deste valor, contudo, só recebeu uma tranche de 23,7 milhões de euros. A segunda metade ficou nos cofres do Barcelona

Expresso

THOMAS SAMSON

Partilhar

O Fisco espanhol está a investigar o Neymar na sequência do pagamento do prémio de renovação de contrato com o Barcelona, pouco antes da transferência do brasileiro para o francês Paris Saint-Germain, avança o “El Mundo” esta segunda-feira.

Segundo o matutino, de forma a verificar se ambas as operações foram devidamente tributadas em Espanha, o Fisco pediu toda a documentação das mesmas através de uma carta endereçada ao tribunal, no passado dia 22 de fevereiro.

Meses antes de se mudar para França, Neymar ganhou um prémio de renovação de contrato do Barcelona de cerca de 54,4 milhões de euros brutos; deste valor, contudo, só recebeu uma tranche de 23,7 milhões de euros. A segunda tranche ficou nos cofres do Barcelona.

A transferência do brasileiro para o PSG levou o clube catalão a não só abortar o pagamento da segunda tranche, como a reclamar até a devolução da primeira.

A transferência para o PSG foi concretizada por 222 milhões de euros.