Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

E assim Mbappé tornou-se um desejo ao alcance do Real Madrid

Se o PSG precisa de 150 milhões de euros com urgência, de forma a equilibrar as contas do clube, a equipa liderada por Florentino Pérez precisa de uma estrela. O útil e o agradável de mãos dadas para um negócio milionário à vista

Expresso

Kylian Mbappé, PSG (Fra)

Mike Hewitt

Partilhar

Fora Cristiano Ronaldo, Messi ou Neymar, nenhum jogador é tão cobiçado no mundo como Mbappé. Eis uma verdade inegável.

Os franceses do Paris Saint-Germain foram-no buscar ao Monaco de Leonardo Jardim por 180 milhões de euros. Pensavam, então, que este prodígio francês junto à estrela Neymar e outros tantos jogadores muito talentosos, iria ser suficiente para o PSG se impor na Liga dos Campeões. Mas estavam muito enganados…

Passadas duas épocas, o PSG domina em casa, mas, na Europa, é só mais uma equipa, uma daquelas que não tem rotação suficiente sequer chegar aos quartos de final da Champions. Agora, encurralados financeiramente, os franceses podem ver-se obrigados a vender Mbappé. E o Real Madrid é o primeiro na fila de interessados, escreve o “AS” esta sexta-feira.

Segundo o desportivo, o PSG precisa de 150 milhões de euros com urgência, de forma a equilibrar as contas do clube. Já a equipa liderada por Florentino Pérez precisa de uma estrela, tendo em conta que a falta de CR7 ainda é muito sentida. Falta um jogador com o fator “X” para elevar a moral dos adeptos.

Mbappé pode ser o tal para o Real Madrid. Melhor: poderia até já ter sido o tal, não fosse Bale ter-se recusado a ir para França em 2017, conta “AS”. O galês era cobiçado pelo PSG, mas quis ficar em Madrid. Os franceses optaram, então, por ir buscar Mbappé.

O internacional francês de 20 anos está a fazer uma época sensacional: em 31 jogos leva 35 golos. Além da admiração do Zidane, Mbappé poderá contar em Madrid com algo que não tem no PSG: a possibilidade real de sonhar com a Bola de Ouro. Um sonho que parece ser só uma questão de tempo. Tal como o do Real Madrid de o contratar.