Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Uma overdose, muitos abortos, lutas com prostitutas e algum basquetebol: a queda de Lamar Odom

Em 2015, Odom esteve à beira da morte. Sofreu uma overdose, esteve em coma, sofreu 12 AVC e 6 enfartes

Expresso

Lamar Odom

Kevork Djansezian/Getty Images

Partilhar

Uma overdose, muitos abortos, lutas com prostitutas e algum basquetebol. Podia ser a premissa de um filme de Hollywood, mas não é. Estes são os elementos que regem a biografia de Lamar Odom, ex-jogador da NBA, e que constam do livro recentemente publicado “Darkness to Light”, nos Estados Unidos.

O passado problemático do ex-jogador dos Lakers, que foi duas vezes campeão da NBA, já era conhecido em parte, mas o livro traz muitos novos detalhes e confissões. “Se tivesse de contabilizar quanto dinheiro gastei em drogas diria que foram uns 90 milhões de euros”, admitiu Odom, em entrevista ao programa “Entertainment Tonight” na terça-feira.

Em 2015, Odom esteve à beira da morte. Sofreu uma overdose, esteve em coma, sofreu 12 AVC e 6 enfartes.

Na sua biografia, Lamar, que foi casado com Khloe Kardashian, até 2016, revela muitos casos insólitos de infidelidade. Em 2012, foi apanhado pela esposa e sogra num quarto de hotel, quando estava acompanhado por várias prostitutas. “Ela [Khloe] abriu a porta do quarto de hotel e esmurrou a primeira rapariga que viu”, contou Lamar. No final, foram os seguranças do hotel a separar as mulheres que, no entretanto, se haviam envolvido numa luta.

Lamar foi expulso de casa por Khloe em 2013, após ter ameaçado matá-la, num momento em que estava alterado - tinha consumido cocaína.

Além das drogas, o ex-atleta tinha também vários problemas ao nível do sexo. “ Não podia ir sozinho para casa e estive com uma média de 6 mulheres diferentes por semana, com quem mantive sempre relações sexuais sem proteção. Tive de pagar muitos abortos ao longo da minha vida…”, confessou.