Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Pizzas, chocolate, waffles: a dieta pouco recomendável de Federer

Cerca de duas horas antes de entrar no court para um jogo, Federer tem por hábito comer um prato de massa com um molho simples a acompanhar. Há 20 anos que mantém esta rotina

Expresso

NurPhoto

Partilhar

Que Roger Federer é um melhores tenistas do mundo é escusado dizê-lo. A coleção títulos ATP fala por si. Mas que o suíço seja o maior glutão do ténis, talvez aí haja novidade. Segundo a revista “Business Insider”, Federer tem uma dieta extraordinariamente grande e variada - especialmente tendo em conta que falamos de um atleta profissional.

Ao pequeno-almoço, em vez da tradicional opção pelos salgados (pão, manteiga, queijo..), Federer costuma comer waffles com compota de fruta fresca. E para ajudar a empurrar o doce, o suíço bebe café, sumo de laranja e, por vezes, um shot de vinagre.

Entre treinos e mesmo durante jogos, para restaurar os níveis de potássio, o tenista costuma refugiar-se na tradicional banana e nas barras e bebidas energéticas.

Cerca de duas horas antes de entrar no court para um jogo, Federer tem por hábito comer um prato de massa com um molho a acompanhar. Há 20 anos que mantém esta rotina.

Apesar de ser um desportista profissional, Federer não se priva de doces. “Eu gosto de comer a minha porção de gelado e chocolate”, revelou, em entrevista em 2017. “É a minha dieta. Eu gosto das minhas indulgências. Não me sinto mal por causa disso. Posso fazê-lo e jogar ténis ao mesmo tempo”, disse.

Ao jantar ou ao almoço, Federer refugia-se muitas vezes na cozinha italiana e indiana. Pizzas é um dos seus pratos favoritos, conta o jornal.