Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Confusão no Marítimo. Petit regressou, mas o clube já não contava com o treinador

Petit, ex-treinador do Marítimo, e Carlos Pereira, presidente do clube insular, têm interpretações distintas sobre o fim da ligação entre as partes. Petit entende que tem mais um ano de contrato, até junho de 2020, enquanto Carlos Pereira considera que o vínculo terminou a 30 de junho

Expresso

GREGÓRIO CUNHA

Partilhar

No regresso aos treinos, a direção do Marítimo (e não só) foi apanhada de surpresa. Petit, ex-treinador do clube insular, e Filipe Anunciação, antigo adjunto, compareceram ontem no centro de treinos do Marítimo, por volta das nove da manhã, conta a “Bola” esta terça-feira. Tudo normal, não fosse o caso de ambos técnicos já não estarem ligados ao clube. Ou, pelo menos, assim pensava o Marítimo.

Após uma breve passagem pelo bar do complexo, os dois técnicos subiram ao escritório da SAD onde diariamente trabalha o presidente Carlos Pereira.

De acordo com o desportivo, Petit e Carlos Pereira têm interpretações completamente distintas sobre o fim da ligação entre as partes. Petit entende que tem mais um ano de contrato, até junho de 2020, enquanto Carlos Pereira considera que o vínculo terminou a 30 de junho.

Segundo a “Bola”, o entendimento não foi possível e agora o assunto deve acabar nos tribunais.