Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Frederico Ruiz diz que o Sporting lhe deve seis meses de salário. O clube garante que ele faltou 56 vezes

Pai de Alan Ruiz e de Federico Ruiz reclama dívida e dispara em todas as direções. O Sporting alega justa causa por 56 faltas

Tribuna Expresso

O irmão Alan em ação pelo Sporting

Foto AFP/Miguel Riopa

Partilhar

O conflito entre Sporting e a família Ruiz tem destino traçado e não parece haver forma de resolver as coisas de forma pacífica. A pior a situação vem agora a saída de Federico Ruiz, irmão mais velho de Alan, cuja ligação ao Sporting divide opiniões. Segundo o pai, o jogador de 30 anos tem ainda um ano de contrato com os leões, salários em atraso e está impedido de entrar na academia.

“O Sporting abriu um processo disciplinar ao jogador por ter chegado tarde a um treino do Sintrense mas isso não é verdade. Federico tinha autorização do clube”, denuncia o pai dos jogadores, em declaração ao “Record”.

Segundo Federico Ruiz, que partilha o nome com o filho, “o Sporting tinha prometido tentar colocar o jogador mas nada fez”. Segundo Ruiz, tudo isto justifica uma queixa à FIFA.

Já o Sporting argumenta que o irmão mais velho de Alan já não está sequer ligado ao clube. Isto porque o clube leonino terá despedido o jogador baseando-se no número de faltas injustificadas.

Federico Ruiz, que nunca chegou a jogar pelo Sporting, auferia, segundo o clube de Alvalade, 250.000 euros por época.