Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

United não quis Bruno Fernandes por este arriscar muito - e por não passar assim tão bem a bola

Os Red Devils foram dissuadidos de contratar Bruno Fernandes porque, supostamente, o português “perde a bola muitas vezes”. Está na imprensa inglesa

Tribuna Expresso

Rafael Marchante

Partilhar

Aparentemente, Bruno Fernandes arrisca demasiado e perde a bola. Pelo menos, é assim que pensa a equipa de prospeção do Manchester United, que não recomendou a compra do passe do internacional português.

Ole Gunnar Solskjaer, o treinador norueguês do United, quer jogadores fiáveis na posse de bola e havia algumas preocupações em relação ao estilo de jogo do atleta do Sporting.

De acordo com o jornal inglês “Daily Mail”, apesar de se aceitar que o jogador de 24 anos trabalha com um elemento de risco no ataque, a percentagem de passes completos (75,1%) na época passada não é considerada suficientemente alta.

Por comparação, Paul Pogba completou 82,8% dos passes no ano passado. Kevin De Bruyne, o belga do rival Manchester City, tem uma média acima dos 82%.

Ao longo do verão, os contínuos rumores do aparente interesse em Bruno Fernandes pareceram irritar os responsáveis do Manchester United, nunca se tendo conseguido perceber até que ponto eram verdadeiros. A verdade é que o negócio não se concretizou nesta janela de transferências.