Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Despedido pela terceira vez em 10 meses

Miguel Cardoso está de saída do AEK de Atenas, depois de ter sido despedido do Nantes e do Celta de Vigo. Tudo em menos de um ano

Tribuna Expresso

Albert Gea

Partilhar

Miguel Cardoso, antigo técnico do Rio Ave, atualmente ao serviço do AEK de Atenas, está mesmo de saída do clube grego, segundo o jornal “A Bola”. Aliás, o treino de ontem já não foi orientado por Cardoso.

Foram apenas quatro jogos à frente do AEK, o último dos quais uma derrota em casa por 2-1 frente ao Xanthi, na primeira jornada da liga grega.

A saída será formalizada quando o treinador chegar a acordo com o proprietário do clube grego relativamente a verbas para a rescisão.

O ambiente no AEK está tenso e, ainda antes do jogo com o Xanthi, os adeptos mais radicais concentraram-se à porta do hotel onde a equipa estagiava. No domingo, terminado o jogo, equipa e treinador estiveram retidos no estádio e só puderam deixar o local duas horas depois. Aparentemente, tendo em conta a pressão, alguns jogadores ponderam deixar o clube.

O AEK tem no seu plantel os portugueses Paulinho, Hélder Lopes, André Simões, Francisco Geraldes, David Simão e Nélson Oliveira.