Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Guardiola defende Bernardo Silva: "A imagem de Mendy em criança é parecida com a do Conguito"

O treinador do Manchester City defendeu o seu jogador da acusação de racismo após brincadeira com Mendy

Tribuna Expresso

Laurence Griffiths/Getty

Partilhar

A associação de combate ao racismo Kick it Out pediu à federação inglesa de futebol que tome medidas em relação a uma publicação de Bernardo Silva no Twitter, em que o português compara o seu companheiro de equipa no Manchester City, Benjamin Mendy, com um Conguito.

De acordo com os regulamentos, Bernardo Silva incorre numa pena de seis jogos de suspensão, caso seja considerado culpado de racismo.

Nesta terça-feira, o jornal “O Jogo” publica os comentários de Pep Guardiola sobre o caso. O treinador catalão diz mesmo que a imagem de Mendy em criança é muito parecida com a da marca Conguito: "A imagem não é sobre a cor da pele. Ele tirou uma foto do Benjamin quando era mais jovem e relacionou-a com este desenho animado, que era bastante semelhante. Se quiserem fazer isso e perguntar ao Bernardo, acho que ele estará aberto para falar", disse.

"O Bernardo é uma pessoa excecional. Um tipo que sabe falar cinco línguas, porque tem uma mente aberta - nada sobre a cor da pele, nacionalidades ou qualquer outra coisa", prosseguiu o técnico, que esclareceu ainda que o português é um dos melhores amigos do lateral dos Citizens. "São como irmãos", atirou.

Refira-se que Mendy e Bernardo Silva são amigos desde 2016. Conheceram-se quando jogavam no Mónaco e reencontraram-se no Manchester City.

Mendy, recorde-se, não pareceu ofendido pelo tweet, respondendo com três sorrisos, um emoji de mãos a bater palmas e a frase "1-0 para ti, mas espera".