Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Vítor Catão (lembra-se?) foi alvo de buscas da PJ

A suspeita de um crime de sequestro sobre César Boaventura (na foto), ocorrido em março, está na origem da operação policial. Catão também ficou conhecido por filmar-se numa visita ao Seixal

Tribuna Expresso

Partilhar

A Polícia Judiciária efetuou buscas em casa de Vítor Catão. As autoridades investigam a suspeita de um crime de sequestro sobre o empresário César Boaventura. As instalações do S. Pedro da Cova foram também inspecionadas. Apesar disso, Catão não foi constituído arguido mas deverá ser notificado nessa qualidade para prestar declarações, adianta o jornal “Record”.

O episódio que deu origem a esta operação terá ocorrido em março. Nessa altura, Vítor Catão divulgou um vídeo em que se pode assistir a uma discussão acalorada entre o próprio e o empresário de futebol, dentro do carro de Boaventura, junto às instalações do S. Pedro da Cova.

Nas gravações, podemos ver Catão agredir Boaventura com um estalo e exigir a justificação de algumas críticas feitas pelo empresário aos Super Dragões, bem como ao presidente e ao diretor de comunicação do FC Porto. César Boaventura apresentou queixa, alegando que chegou a ser ameaçado com uma arma.

Agora, Boaventura reage com agrado à atuação da PJ, afirmando no Facebook: “A justiça tarda mas não falha. Uma coisa é certa, mais do que a divina, nenhuma”. Horas depois, acrescentou que “o melhor está mesmo para vir”.