Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“O Mourinho estava sempre a perguntar-me pelo Bayern e pela Bundesliga. Conhece todos os jogadores e estava a aprender alemão”

Bastian Schweinsteiger revela que o treinador andou a aprender alemão e acredita que pode sentir-se tentado a viajar para Munique

Tribuna Expresso

Carl Recine

Partilhar

O ex-jogador do clube alemão e do Manchester United acredita que José Mourinho possa aceitar ser treinador do Bayern de Munique. O técnico português é também o favorito das casas de apostas para suceder a Niko Kovac, despedido no passado domingo após a derrota pesada com o Eintracht Frankfurt.

Para além de Mourinho, também Massimiliano Allegri, Mauricio Pochettino e Arsene Wenger estão a ser associados ao cargo, mas Schweinsteiger afirma que o seu antigo treindador em Old Trafford tem a capacidade de fazer um bom trabalho na Allianz Arena.

O campeão do mundo chegou ao United em 2015, um ano antes do português, e conta que, no tempo em que conviveram, conversavam muitas vezes sobre a Bundesliga.

A lenda do Bayern disse ao jornal alemão “Bild”: “Consigo imaginar o Mourinho na Alemanha. Lembro-me de que ele estava constantemente a perguntar-se sobre o Bayern e a Bundesliga. Nos nossos jogos fora, havia sempre Bundesliga na televisão. Ele conhecia todos os jogadores e estava a aprender alemão.” Schweinsteiger acrescenta: “Ele ainda não trabalhou na Bundesliga, por isso consigo imaginar que ele se sinta tentado a aceitar”.

Mourinho está sem treinar desde que foi demitido do Manchester United. Apesar de ter ganho dois troféus com o United, o português não conseguiu replicar o sucesso atingido com o Chelsea e o Inter de Milão. Com Mourinho, Schweinsteiger apenas jogou quatro vezes, marcando um golo e fazendo uma assistência.

Enquanto o Bayern não encontra substituto para Kovac, o adjunto do croata, Hans-Dieter Flick vai orientar a equipa frente ao Olympiacos e ao Borussia de Dortmund.