Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Bola de Ouro ‘roubada’ a Ronaldo? Juventus acusa: “Real Madrid e Barcelona têm muito peso”

No rescaldo da atribuição da Bola de Ouro a Messi, com a pontuação abaixo das expetativas de Cristiano Ronaldo, surgem críticas mais ou menos subtis de Turim

Tribuna Expresso

YOAN VALAT/Lusa

Partilhar

O primeiro a reagir foi o capitão da Juventus, Giorgio Chiellini, que disse à Sky Sport Italia que Ronaldo devia ter ganho seis Bolas de Ouro, não porque a deste ano devesse ter-lhe sido entregue, mas porque o português devia ter vencido três troféus sucessivos entre 2016 e 2018. Este último foi entregue a Luka Modric, seu antigo colega no Real Madrid.

“Ronaldo foi realmente roubado na época passada, quando o Real Madrid decidiu fazer tudo para ele não ganhasse, e isso foi realmente estranho. Esta época, foi mais equilibrado. Com todo o respeito, Modric não o mereceria mesmo na melhor época da carreira. Foi um sinal do Real Madrid, porque eles queriam impedir que Ronaldo ganhasse.” O jogador da Juventus continuou, dizendo que, em 2018, Modric “ganhou a Liga dos Campeões mas, por essa lógica, Van Dijk devia ter ganho este ano ou, no ano passado, Griezmann, Pogba ou Mbappé por terem feito coisas extraordinárias no Mundial. Modric ganhar não fez qualquer sentido.”

Também o diretor desportivo da Juventus, Fabio Paratici, se pronunciou sobre a atribuição da Bola de Ouro deste ano, deixando no ar uma acusação aos grandes de Espanha: "É difícil dizer que tenha sido tirado uma Bola de Ouro ao Ronaldo, mas é indubitável que alguns clubes, como o Real e o Barcelona, têm um grande peso”.