Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Megan Rapinoe pede ajuda a Ronaldo, Ibrahimovic e Messi

A jogadora norte-americana, vencedora da Bola de Ouro deste ano, faz um apelo às grandes estrelas do futebol masculino: que divulguem as grandes causas

Tribuna Expresso

NurPhoto/Getty

Partilhar

"Às vezes apetece-me gritar: ‘Cristiano, Messi, Ibrahimovic, ajudem-me!’”, desabafa a futebolista do ano para a revista “France Football”. Rapinoe destaca-se pelo que faz em campo mas também fora dele. É reconhecidamente uma mulher de causas e com um discurso enérgico, como se viu na nega das jogadoras campeãs do mundo ao presidente Trump, para uma visita à Casa Branca, após a conquista do Mundial feminino.

“Estas grandes estrelas não participam em nada, quando há tantos problemas no futebol masculino. Têm medo de perder tudo? Mesmo que acreditem nisso, não é verdade. Quem tiraria Cristiano ou Messi do futebol por uma declaração contra o racismo ou contra o sexismo?", questionou Rapinoe, em entrevista à “France Football”.