Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Porque é que RDT é para ficar?

Raul de Tomas vai continuar no Benfica, pelo menos até ao final da época, assim diz o jornal “Record”. Luís Filipe Vieira não quer abdicar do jogador no mercado de janeiro

Tribuna Expresso

Quality Sport Images

Partilhar

Apesar de o espanhol ser terceira opção para a posição de ponta-de-lança, depois de Vinícius e Seferovic, tanto Bruno Lage como Luís Filipe Vieira não querem deixá-lo sair, pelo menos para já.

A comunicação social espanhola tem noticiado que as negociações entre o Benfica e o Espanyol estariam praticamente concluídas, isto depois de a tentativa de contratar Hulk se ter complicado. Porém, segundo o jornal “Record”, tal não corresponde à verdade.

Uma das razões que levam o presidente do Benfica a não abdicar de Raul de Tomas baseia-se na crença de que o jogador pode render bastante mais, apesar de ter apenas três golos marcados. Por outro lado, o próprio treinador Bruno Lage também pretende a sua continuidade. "Não conto com o Raul a partir de janeiro, conto com ele desde o início, quando observámos um jogador com talento para fazer parte do nosso plantel. Sei o que disse o antigo treinador dele (que iria a Lisboa buscá-lo de carro), mas eu digo ao Raul para trabalhar no dia-a-dia que nem uma besta e não desistir de triunfar num clube com a dimensão do Benfica", afirmou o técnico, após o jogo em Setúbal para a Taça da Liga.

A saída do espanhol deixaria Lage com apenas duas opções para a posição de ponta-de-lança: Vinícius e Seferovic. A estas razões junta-se ainda o elevado salário do espanhol.