Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Mourinho é Mourinho. “Klopp é Klopp e faz o que quer”

Ao seu estilo habitual, o treinador português deixou uma farpa ao colega do Liverpool sobre a utilização da equipa sub-23 na Taça de Inglaterra

Tribuna Expresso

Clive Brunskill

Partilhar

O Tottenham de José Mourinho recebe esta quarta-feira o Southampton, em jogo de repetição dos 16 avos da Taça de Inglaterra, mas a farpa do treinador português na conferência de antevisão foi para o treinador do Liverpool. "Klopp é Klopp e ele faz o que quer. Faz o que a direção quer que ele faça e faz o que as regras permitem e até o que elas não permitem. Ele faz o que quer!", disse Mourinho comentando o facto de o alemão ter decidido que o Liverpool defrontaria o Shrewsbury com a equipa de sub-23, sendo dirigido pelo respetivo treinador. Tudo para que a pausa invernal não fosse interrompida.

Quando ao jogo de hoje, Gedson Fernandes deve assumir a titularidade, numa prova que José Mourinho reafirma querer conquistar. "Mesmo nas situações mais complicadas, somos uma equipa difícil de derrotar. Os nossos adversários têm de se bater para nos conseguir vencer. Acreditem que não existe uma equipa que queira jogar connosco. Estou muito orgulhoso deste grupo! É assim que vamos continuar a ser jogo a jogo", vincou o português, que não pode contar com Dele Alli (lesionado) e Bergwijn (devido às regras da competição).

Mourinho comentou ainda a atitude efusiva diante do Manchester City, ação que se tornou viral. "O meu comportamento tornou-se viral pelas piores razões. Vibrei com a ‘entrada’ do Sterling!"

  • “Não aceito o erro do VAR, porque quando jogo PlayStation não cometo erros”

    Mourinho

    O Tottenham joga esta quarta-feira o encontro de desempate dos 16 avos de final da Taça de Inglaterra frente ao Southampton. Na antevisão do jogo, José Mourinho voltou a criticar a atuação do videoárbitro, nomeadamente no que respeita ao tempo de espera das decisões e ao erros cometidos. Treinador considera que Tottenham tem sido muito castigado por causa de decisões do videoárbitro