Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Old Trafford degradado dificulta venda do Manchester United

Os adeptos dos Red Devils querem que o clube mude de dono mas não vai ser fácil convencer os Glazer a vender

Tribuna Expresso

Ash Donelon

Partilhar

Qualquer amante de futebol, de preferência com mais de 25 anos, recorda um Manchester United dominador. Não é de todo o caso, na atualidade. A equipa está em 8.º lugar na Premier League, com 35 pontos, a 6 dos lugares de acesso à Liga dos Campeões. A oposição dos adeptos relativamente à família Glazer, dona do clube, não é de agora, tendo levado a várias manifestações de protesto, incluindo a fundação de um novo clube, o United of Manchester. No entanto, a oposição parece nunca ter sido tão ruidosa.

No entanto, como diz o “Daily Mail”, não será fácil que um novo investidor assuma a compra dos Red Devils, até porque os Glazer pedem cerca de 2,8 mil milhões de euros e, segundo o jornal inglês, apenas 20 pessoas no mundo estariam em condições de fazer uma proposta desta envergadura. Desse grupo restrito, alguns empresários sauditas já terão tentado comprar o Manchester United, mas os Glazer não querem vender a totalidade do clube.

O que talvez surpreenda é que um dos entraves à venda poderá ser o estado em que se encontra o mítico estádio de Old Trafford. O “Theatre of Dreams” data de 1909 e precisa de uma grande reforma, estimada pelo “Daily Mail” em 240 milhões de euros. O recinto passaria de 75 para 90 mil lugares, mas uma das bancadas tem uma estação de comboio logo atrás, a obra teria de ser feita em altura, o que aumenta por si só os custos da obra.