Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Ricardinho: “Pensei ‘não pode terminar assim’, não ia aguentar!”

O melhor jogador de futsal do mundo prepara-se para fazer o último mundial pela seleção portuguesa

Tribuna Expresso

IGOR KUPLJENIK

Partilhar

O mundial deste ano deve ser mesmo a despedida de Ricardinho da seleção nacional de futsal. Quem o admitiu foi o próprio, numa conversa inserida numa reportagem feita pelo Canal 11, da Federação Portuguesa de Futebol. O capitão equipa nacional falou do que sentiu antes do Portugal-Itália, que ditou o apuramento para a prova.

"Sabia que podia ser o meu último jogo. O meu interior dizia ‘este pode ser o teu último, vais perder a seleção, está a acabar’. Mas ninguém sabia que eu tinha tomado essa decisão. Nem a minha mulher, os meus amigos. Pensei ‘não pode terminar assim!’ Não ia aguentar", admitiu, ao mesmo tempo que garantiu que este será o seu último mundial e que "seria injusto tentar alargar ao máximo a carreira".