Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Eric Dier saltou para as bancadas e pegou-se com adepto do Tottenham

Após a eliminação da equipa de Mourinho, Dier perdeu a cabeça e enfrentou um adepto que teria supostamente insultado o irmão do jogador inglês

Tribuna Expresso

Tess Derry - EMPICS

Partilhar

O Tottenham tinha acabado de ser eliminado da Taça de Inglaterra pelo Norwich, depois de perder nas grandes penalidades, a última das quais falhada por Gedson Fernandes. Os ânimos exaltados de um adepto dos Spurs nas bancadas atingiram Eric Dier, o jogador formado no Sporting, que não conseguiu ignorar os insultos e envolveu-se em confrontos.

A verdade é que circulam por aí várias versões sobre o sucedido. A generalidade da imprensa inglesa adianta que Eric Dier saiu em defesa de Gedson Fernandes, o ex-futebolista do Benfica, atacado por ter falhado o penálti decisivo, que afastou o Tottenham. No entanto, José Mourinho acabaria por esclarecer que o antigo jogador do Sporting saiu em defesa da família, que estava na bancada.

O irmão de Eric, indignado com os insultos dos adeptos dirigidos a si diretamente, terá pedido satisfações, lançando um primeiro momento de confusão. Seguiu a intervenção do internacional inglês. "Ele é meu irmão", gritou o jogador do Tottenham, enquanto saltava para a bancada para encarar o adepto em causa.

O Tottenham acabou eliminado da Taça de Inglaterra ao perder em casa com o Norwich, por 2-3, no desempate pela marcação de penáltis, depois do empate a um golo no final do tempo regulamentar e do prolongamento.

O caso de Dier junta-se a outros ao longo da história do futebol, alguns deles amiúde recordados. Outro Eric, de apelido Cantona, tornou-se quase tão famoso pelo seu pontapé acrobático num adepto como pelos seus dotes futebolísticos. Foi em 1995. Mais recentemente, em 2017, também Patrice Evra, ao serviço do Marselha, em pleno Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães, se envolveu com um adepto francês. Pouco depois, saiu do clube do Sul de França.