Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

O selecionador dos sub-23 brasileiros vê em Pedrinho “inteligência, ótima visão de jogo e bastantes recursos técnicos”

O técnico brasileiro analisou o reforço do Benfica mas realçou que o jovem tem ainda “de ser estimulado”

Tribuna Expresso

Alexandre Schneider

Partilhar

O jornal “O Jogo” falou com André Jardine, atual selecionador dos sub-23 brasileiros. Jardine vê na ida para o Benfica uma oportunidade de o extremo mostrar talento e assegura que os 20 milhões que custará às águias não lhe irão pesar na cabeça. A chegada "à seleção principal do Brasil" é uma possibilidade forte, para o treinador.

A juventude de Pedrinho e o deslumbramento da Europa

“É um jogador muito experiente que, apesar da idade que tem, já fez muitos jogos na equipa principal do Corinthians e ganhou alguns títulos importantes. Pedrinho é um jogador vencedor, acostumado a clubes grandes e a lidar com a pressão. Por isso vejo-o totalmente pronto para este desafio no Benfica.”

A mais-valia para o Benfica

“Pedrinho é um jogador muito inteligente, com uma ótima visão de jogo e uma capacidade de movimentação bastante grande. Ele procura muito estar em jogo e tanto pode aparecer pelas alas como pelo interior. Por isso vai ser capaz de dar ao treinador do Benfica bastantes alternativas táticas.”

Melhorias a fazer

“Pedrinho tem uma grande margem de crescimento e vai evoluir de certeza em todos os aspetos do seu futebol. Mas temos batido muito para que ele pise mais a área, de forma a poder conectar-se mais com o golo. Pedrinho é um jogador com capacidade de fazer muitos golos, mas isso tem de ser estimulado cada vez mais nele. Tem marcado no Corinthians, mas esse é um dos pontos a melhorar.”

A zona onde rende mais

“Acho que ele é equilibrado, mas, jogando pela ala, acaba por trazer o jogo mais para dentro, também devido às suas caraterísticas. Na seleção, destacou-se muito como interior pela esquerda, onde teve sempre um desempenho ótimo. Eu gosto muito de ver Pedrinho a jogar pelo lado esquerdo, como médio, procurando aparecer na grande área e sempre ajudando nas infiltrações pela ala.”

O peso dos 20 milhões na cabeça de Pedrinho

“Mentalmente, Pedrinho é muito forte, é muito tranquilo e sempre demonstrou grande personalidade. Por isso não acredito que venha a sentir pressão por isso.”

Colabora nas ações defensivas?

“Colabora muito, sim, até porque vem das escolas do Corinthians e sempre lhe foi exigida essa colaboração. Aliás, até considero esse um dos pontos fortes de Pedrinho, um atacante que não se poupa no plano defensivo. Apesar de magro, ele é um jogador com uma estrutura muito forte, aguenta muito bem o jogo, assim como a pancada. É muito competitivo.”

Pedrinho cumpriu ontem os últimos exames médicos para poder, ainda esta terça-feira, ser oficializado como reforço do Benfica.