Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Não havendo futebol, há FIFA 20: Liga cria torneio virtual

Vai ser no fim de semana mas longe da relva: Um torneio de FIFA 20 para matar saudades do futebol

Tribuna Expresso

Emanuele Cremaschi

Partilhar

Em tempos de distanciamento social, a atividade física dos jogadores da Primeira Liga resume-se ao que se faz nos pequenos ginásios lá de casa, mais do que a esmagadora maioria dos portugueses pode fazer. Nos últimos dias, atletas de várias modalidades têm publicado demonstrações de exercícios.

Agora, o jornal “O Jogo” anuncia que, à semelhança de Itália e Espanha, a Liga vai ter um campeonato de FIFA 20. Os protagonistas serão os mesmos que estamos habituados a ver no relvado. Ou pelo menos alguns. A ideia é matar as saudades do futebol mas também sensibilizar a sociedade para a importância de se permanecer em casa no combate ao adversário de todos nós, o Covid-19.

Foi pedido a cada clube que escolhesse um representante. O Famalicão será comandado por Pedro Gonçalves, Fábio Silva representará o FC Porto, Rafael Camacho alinhará pelo Sporting e Abel Ruiz é o titular do Braga. O Benfica decidiu não participar. Ao que “O Jogo” conseguiu apurar, alinharão ainda Tomás Reymão pelo Boavista, João Amaral, do Paços de Ferreira, Pedro Pelágio, do Marítimo, e Rafael Ramos com o Santa Clara.

Em Espanha, o torneio, transmitido na internet e com nomes como Sergi Roberto, Marco Asensio ou Marcos Llorente, será mesmo narrado pelas vozes habituais e bem conhecidas dos espetadores espanhóis, enquanto a versão italiana recupera antigos craques. Marco Materazzi, Andrea Pirlo e Cannavaro, por exemplo, juntam-se a Balotelli, Immobile, Moise Kean ou Donnarumma na "Liga Quarentena".