Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Clubes ingleses unidos contra o Manchester City: querem os Citizens fora da Champions

Oito dos 10 primeiros classificados da Premier League querem impedir que os Citizens vão à Liga dos Campeões

Tribuna Expresso

Manchester City FC

Partilhar

Os clubes de topo do futebol inglês lançaram uma iniciativa surpreendente para fazer com que o Manchester City não possa jogar na Liga dos Campeões enquanto o apelo que fizeram contra uma proibição de dois anos estiver a decorrer.

O jornal inglês “Daily Mail” revela que, à exceção do Sheffield United e do próprio City, os 10 primeiros classificados da Premier League enviaram uma carta ao Tribunal de Arbitragem no Desporto, que vai ouvir o apelo do City contra o castigo da UEFA por quebra das regras do Fair Play Financeiro.

Clubes como o Liverpool, o Manchester United, o Arsenal ou o Chelsea escreveram cartas separadas que enviaram à mesma empresa de advogados, que reuniu as queixas num único documento, assinado por todos e submetido ao órgão jurídico do desporto. Nele, pode ler-se que, no caso de o City requisitar que o castigo seja suspenso enquanto o apelo estiver a decorrer, todos os clubes se opõem.

A atitude dos rivais internos dos Citizens dá uma clara indicação da visão geral sobre o comportamento do Manchester City nos últimos anos. O clube visado recusou comentar mas, de acordo com o “Daily Mail”, no Etihad acredita-se que alguns, de entre os clubes queixosos, têm estado a conspirar contra o City.

Os azuis de Manchester foram banidos das competições da UEFA durante dois anos e multados em 25 milhões de libras pelo organismo europeu do futebol por “quebras graves” do Fair Play Financeiro. O clube negou qualquer infração e anunciou imediatamente a intenção de recorrer, o que acabaram por fazer.

Devido à atual crise relacionada com o novo coronavírus, teme-se que o caso se arraste e que o City esteja na próxima edição da Liga dos Campeões.