Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Bale parece estar feliz em Espanha, ainda que não no Real Madrid e talvez nem a jogar futebol - ainda assim, Ancelotti quer contratá-lo

O treinador italiano treinou os dois jogadores no Real Madrid e quer voltar a tê-los ao seu serviço

Tribuna Expresso

Javier Barbancho

Partilhar

Carlo Ancelotti impôs a si próprio a missão ambiciosa de convencer Gareth Bale e James Rodriguez a juntarem-se a ele no Everton. O treinador italiano quer diminuir o fosse entre a sua equipa e o topo da Premier League e crê que os dois jogadores, ambos “patinhos feios” em Madrid, podem ser a solução. De acordo com o jornal espanhol “Marca”, o Real Madrid está aberto a propostas.

Aquando da sua passagem pela capital espanhola, Ancelotti conseguiu aproveitar as mais-valias dos dois atletas. O técnico de 60 anos já tinha tentado contratar James quando treinou o Bayern Munique. Rodriguez acabou por rumar à Baviera por empréstimo de dois anos, mas apenas quando Ancelotti deixou o campeão alemão.

O treinador do Everton sabe que vai ser difícil persuadir Bale a mudar-se para Goodison Park, uma vez que o antigo jogador do Tottenham parece estar feliz em Espanha, ainda que não no Real Madrid e talvez não a jogar futebol. O jornal “Marca” diz que Bale não se importa muito se ficar no banco muitas vezes.

O galês tem ainda dois anos de contrato para cumprir, enquanto James Rodriguez tem apenas mais um e não parece fazer parte dos planos de Zinedine Zidane para o futuro.

O dono do Everton, Farhad Moshiri parece estar disposto a oferecer lucrativos contratos a ambos os atletas, mesmo tendo em conta que Gareth Bale ganha à volta de 680.000 euros por semana, em Espanha.