Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“Quando um se manifestar, o outro vai discordar. Por isso, concordo que Vieira e Pinto da Costa se mantenham calados”

Carlos Pereira, presidente do Marítimo, em entrevista ao jornal "A Bola" defende o fim do campeonato sem quaisquer distinções. E agrada-lhe o silêncio de Vieira e de Pinto da Costa neste momento

Tribuna Expresso

Gregrio Cunha

Partilhar

Ano zero

"Defendo um ano zero, sem campeão, sem vencedores e sem vencidos. Não havendo campeão fica tudo resolvido. Se o futebol acabar agora, não vem mal algum ao mundo. Se a vida acabar agora é que o mundo acaba para essas pessoas. O futebol vai continuar a existir, mas vida há só uma"

Luís Filipe Vieira e Pinto da Costa e o regresso ao futebol

"Porque é que ainda não eram opinião? Porque cada um deles entende que deve ser campeão, cada um entende que tem de esperar até quando esta pandemia durar. Naturalmente que quando um se manifestar, o outro vai discordar. Concordo que eles se mantenham calados".

Pedro Proença

"Pedro Proença não tem defendido bem os clubes. Não basta dizer que falou com os presidentes para dizer que houve acordo com os presidentes. Como é que nós, sem nenhuma atividade, continuamos a pagar seguros?"