Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Covid-19. Sporting só corta salários com o acordo total dos jogadores

Frederico Varandas propôs ao plantel uma redução de 50% sobre o ordenado bruto. O plantel rejeitou

Tribuna Expresso

ANDRE KOSTERS

Partilhar

A SAD do Sporting tem tentado minimizar a importância negativa da paragem nas competições. Segundo “A Bola”, além de férias antecipadas, os jogadores de futebol dos Leões receberam também uma proposta de redução salarial de 50% sobre o ordenado bruto. No entanto, o plantel rejeitou a medida.

Esta semana haverá novamente conversações com os atletas, na tentativa de chegar a um acordo sobre as remunerações. Em cima da mesa estará a percentagem de que os jogadores estarão dispostos a abdicar para que os encargos do clube sejam aliviados. No entanto, o clube já adiantou que apenas avançará caso haja acordo total.

Aconteça o que acontecer nos próximos dias, a administração do clube já terá garantido aos seus atletas que o lay-off, mecanismo a que já recorreram alguns clubes, não é sequer hipótese no caso do Sporting.