Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“The Especially Stupid One”: Imprensa inglesa arrasa José Mourinho

A comunicação social britânica reagiu mal ao facto de Mourinho ter levado jogadores do Tottenham para um treino no parque em tempos de covid-19

Tribuna Expresso

Martin Rickett - EMPICS

Partilhar

“Especialmente estúpido”. É o que o “Daily Mail” chama àquele que é normalmente conhecido como “Special One”. José Mourinho conseguiu gerar uma onda de revolta depois de ter levado pelo menos três jogadores para treinar num parque público do Norte de Londres.

O mesmo jornal avisa que o treinador do Tottenham pode enfrentar um aviso mais sério da polícia depois da sua atitude. De acordo com o “Daily Mail”, o técnico português já terá sido avisado pelo clube, que não terá reagido nada bem ao desrespeito pelo distanciamento social imposto pelo governo de Boris Johnson.

O mais revoltado terá sido Piers Morgan, o célebre jornalista da ITV, apresentador do programa “Good Morning Britain”. “O que estás a pensar, José?!”, questionou Morgan. Virando-se para a sua colega de programa, Susanna Reid, a estrela da televisão inglesa introduziu a notícia com: “Numa nota menos positiva, encontrámos mais idiotas, lamento dizer”.

Morgan trouxe à baila outra questão que, aparentemente, nada tem a ver com Mourinho: “O Tottenham, neste momento, e com toda a razão, está a ser insultado como clube pela decisão tomada pelo dono bilionário Joe Lewis e pelo diretor Daniel Levy por terem mandado o staff para casa quando têm milhões para gastar em jogadores”. Mas logo voltou ao tema do momento: “E agora vemos os jogadores e o treinador numa sessão de treino não-oficial, aparentemente não sancionada pelo clube”. A facada final chega na forma de crítica à atitude do português depois de ter andado a distribuir alimentos. “Fiquei muito surpreendido por isto uma vez que Mourinho andou a dar comida para que os média vissem,” prosseguiu. “Envia a mensagem errada e as pessoas precisam de ser constantemente lembradas das indicações dadas,” rematou o apresentador.

No tabloide “The Sun”, pode ler-se, em maiúsculas: “No way, José”. O jornal lembra que o português pode vir a ter problemas com as autoridades por causa da atitude e diz que o Tottenham recusou comentar o caso. O “Daily Mirror” afina pelo mesmo diapasão, lembrando que o treinador e o clube estão a “desafiar as normas governamentais.

O conservador “The Times”, refere que o próprio clube terá avisado Mourinho acerca dos treinos no parque. Já o “The Guardian” prefere ser descritivo e deixar que a mensagem passe dessa forma: “José Mourinho e o Tottenham quebram as regras do coronavírus para treinar”.

Seja como for, a vida de Mourinho em Inglaterra, neste momento, está longe de ser um passeio no parque. Ou um treino.