Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Bernardo Silva: "Foi ideia do Ronaldo doarmos metade do prémio pelo apuramento para o Euro 2020 para ajudar os clubes não profissionais"

O jogador do Manchester City revelou que foi o capitão da seleção portuguesa a sugerir aos colegas que deviam doar €4,7 milhões

tribuna expresso

NurPhoto

Partilhar

Bernardo Silva foi entrevistado, esta segunda-feira, através da página de Instagram do site "Bleacher Report" e, além de ter endereçado uma série de temas, revelou que foi Cristiano Ronaldo a ter a ideia de doar metade do prémio do apuramento para o Euro 2020 - €4,7 milhões que a FPF anunciou que irão "ajudar os clubes não profissionais".

A ideia de Ronaldo

"O Cristiano Ronaldo é muito tranquilo e muito ativo no nosso grupo de Whatsapp. Foi ideia dele, há dois ou três dias, doar dinheiro para ajudar os clubes não profissionais. Os jogadores da seleção portuguesa vão doar metade do prémio do apuramento para o Euro 2020. Foi ele que teve essa ideia."

Instagram

O regresso ao Benfica, no futuro

"O que posso dizer é que daqui a um, dois ou três anos claramente não voltarei. Estou num grande clube, no qual tenho muito prazer a jogar. Não quero regressar agora, mas também não quero regressar numa altura em que esteja demasiado velho. Quero regressar em boas condições físicas para ajudar a equipa.

Era o meu sonho enquanto miúdo, era um adepto do Benfica, ia a todos os jogos do Benfica com o meu pai e os amigos. Sempre quis jogar no Benfica. Quando jogava na equipa B, com 19 anos, não tive essa oportunidade, porque o treinador não me queria lá ou porque achavam que não estava capaz de jogar na primeira equipa. Foi uma grande deceção para mim. Fui jogar para o Mónaco. Tenho esta lacuna no meu coração e preciso de preenchê-la, não agora mas quando voltar ao Benfica, um dia".

Os prémios individuais para os "melhores jogadores do mundo"

"Se jogares em alguns clubes é mais fácil ganhar. Vou dar um exemplo: em Portugal, se jogares pelo Benfica, é mais fácil ganhares prémios individuais do que se jogares numa equipa do meio da tabela. Espero que as pessoas não levem o exemplo a mal. No City ganhámos a Liga, o Liverpool fica 30 pontos atrás, o Kevin De Bruyne tem uma temporada surreal e dão o prémio ao Salah. O Salah marca muito golos, é um grande jogador, admiro-o muito, não digo o contrário, mas dão-lhe o prémio a ele e não ao Kevin. Na temporada seguinte ficámos muito próximos e, entre o Sterling e o Van Dijk, escolheram o Van Dijk”.

Seleção dá metade do prémio de qualificação ao futebol amador. São €4,7 milhões

A seleção portuguesa de futebol vai dar metade do prémio de qualificação para o Campeonato da Europa de 2020 ao fundo de apoio às competições não profissionais, canceladas devido à pandemia de covid-19, anunciou hoje a federação