Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“Havia dias em que Ibrahimovic aparecia de bom humor, mas também outros em que nem dizia bom dia”

Joe Corona jogou com o sueco no LA Galaxy e, como todos os antigos companheiros de Ibra, não ficou indiferente à sua personalidade

Tribuna Expresso

MIGUEL MEDINA

Partilhar

Há jogadores que marcam pelo futebol, outros deixam a sua marca pelo que fizeram fora do relvado. Ao longo dos anos, Zlatan Ibrahimovic tem espalhado em campo a sua qualidade enquanto futebolista, trazendo com ele o extra da personalidade nem sempre fácil de aceitar. O sueco esteve um ano e meio no LA Galaxy, nos Estados Unidos e, claro, deixou nos colegas tema de conversa para muitos anos.

Desta vez foi o médio mexicano Joe Corona a contar à televisão ESPN alguns episódios protagonizados pelo avançado sueco: “Num jogo que ganhámos por 3-0, ele entrou no balneário e gritou com todos. Era muito exigente,” contou o antigo companheiro da estrela sueca, em declarações ao programa “Ahora o Nunca”.

“Havia dias em que aparecia de bom humor, mas também outros em que nem dizia bom dia. Mas já sabíamos como ele era e nunca tive problemas com ele. Foi um privilégio jogar com ele,” conclui.