Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Moreira: “Pedi ao Eng. Mário Dias para iluminar mais o estádio para eu ver os adeptos”

Foi jogador do Benfica ao longo de mais de uma década. José Moreira jogou no antigo estádio completo, “sem uma fatia” e no atual

Tribuna Expresso

Adam Davy - EMPICS

Partilhar

José Moreira passou 12 anos ao serviço do Benfica, parte dos quais coincidiram com a passagem do antigo para o novo Estádio da Luz.

“Parece que foi ontem mas [a estreia na equipa principal] foi já há 20 anos. Tive o privilégio de jogar no antigo estádio completo e com menos uma fatia, como disse Camacho,” referiu o ex-guarda-redes das Àguias, durante uma conversa com o antigo companheiro Ricardo Rocha, no Instagram.

“Fiz o último jogo no antigo estádio, contra o Santa Clara, depois fomos para o Estádio Nacional antes de nos mudarmos para o novo,” contou Moreira, que não esquece a festa de inauguração da nova Luz, com uma vitória por 2-1 frente ao Nacional de Montevideo.

“Fui o primeiro guarda-redes a sofrer um golo no Estádio da Luz, nunca queres sofrer na estreia. Mas não me lembro do golo nem das defesas que fiz. Era um miúdo.”

Moreira referiu ainda um episódio engraçado: “Pedi ao Eng. Mário Dias para iluminar mais o estádio para eu ver os adeptos, pois dava a sensação de haver menos adeptos. No antigo estádio não havia palas, entrava mais luz, e via-se melhor os adeptos”.

O atual estádio das Águias foi inaugurado em 2003. Mas o ex-guardião não deixou de acompanhar o clube que o revelou ao mundo do futebol. “O Benfica evoluiu e continua a evoluir em todos os sentidos. Fizemos parte da história e ajudámos a colocar o Benfica onde está hoje.”