Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

A casa de Dele Alli foi assaltada, o jogador foi ameçado com uma faca e agredido a soco. O médio do Tottenham já veio dizer que está bem

Dois assaltantes entraram em casa de Alli e terão levado vários objetos de valor, depois de ameaçarem os ocupantes com uma faca

Tribuna Expresso

Partilhar

Dele Alli, jogador do Tottenham, foi agredido durante um assalto à sua casa no Norte de Londres. O médio foi ameaçado com uma faca e levou um murro depois de assaltantes terem invadido a sua residência na noite de quarta-feira. O internacional inglês, de 24 anos, foi agredido no rosto mas não ficou com ferimentos graves. Alli estava em isolamento com o irmão e as respetivas companheiras.

De acordo com o jornal “The Guardian”, dois homens entraram na propriedade pouco depois da meia-noite e ameaçaram o jogador. Entretanto, Alli já descansou os fãs no Twitter, agradecendo as mensagens preocupadas. “Uma experiência horrível mas agora estamos bem. Agradeço o apoio.”

Os atacantes levaram numerosos itens da casa. A polícia, que tem estado a rever imagens de CCTV do incidente, emitiu um comunicado: “Fomos chamados às 00:35 aproximadamente na quarta-feira, 13 de maio, por causa de um alegado assalto a uma residência em Barnet. Dois homens tinham conseguido entrar na propriedade e roubaram objetos de joalharia, incluindo relógios, antes de fugir. Um ocupante da casa, na casa dos 20 anos, sofreu ferimentos ligeiros no rosto depois de ser ameaçado. Não precisou de tratamento hospitalar.”

Entretanto, um porta-voz do Tottenham acrescentou: “Temos estado a oferecer o nosso apoio ao Dele e a todos os que estão em isolamento com ele. Encorajamos qualquer pessoa com informações que possam ajudar a polícia na sua investigação a fazê-lo”.

Este é o mais recente caso de uma lista longa. Há dois meses, a família de Jan Vertonghen, colega de equipa de Dele Alli, foi assaltada quando o jogador se encontrava ausente na Alemanha, para um jogo da Liga dos Campeões. Na altura, quatro assaltantes de cara tapada entraram em casa do atleta, armados com facas, mas a mulher e as duas crianças do belga não sofreram ferimentos.

Em novembro passado, Ashley Smith foi condenado a 10 anos de prisão por tentativa de assalto aos jogadores do Arsenal Mesut Özil e Sead Kolasinac. O objetivo seria roubar relógios de luxo no valor de 225.000 euros. No incidente de julho passado, Smith e o cúmplice, armados com facas improvisadas, encontraram a resistência de Kolasinac, que se juntou a Özil e à mulher deste, para fugir de carro. Ainda assim, os assaltantes perseguiram-nos numa moto quatro e atiraram pedras ao carro do jogador alemão.