Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Owen Hargreaves quer que as câmaras entrem nos balneários. “O maior espetáculo de televisão da história”

A ideia do antigo jogador e atual comentador televisivo vai ser proposta aos clubes da Premier League. Klopp já disse que, se isso acontecesse, iria embora

Tribuna Expresso

John Walton - PA Images

Partilhar

O antigo médio do Bayern Munique e do Manchester United ficou viciado em “The Last Dance”, o documentário sobre Michael Jordan, a lenda do basquetebol. Poucos saberão que o inglês nascido no Canadá usava a camisola 23 no Bayern Munique por causa de Jordan, o seu ídolo na infância.

Mas olhando para a televisão, o antigo internacional por Inglaterra consegue pensar em algo que levaria à loucura os telespetadores: uma espreitadela aos balneários do seu clube de futebol. O Manchester City fez um ensaio disso mesmo, chamado “All or Nothing”, mas essa tentativa de mostrar a realidade do balneário dos Citizens foi filtrada e polida. Hargreaves propõe algo mais cru, em direto num dia de jogo.

Hoje em dia, Owen Hargreaves trabalha como comentador para a BT Sport, uma das operadoras responsáveis pela transmissão dos jogos da Premier League, juntamente com a Sky Sports. As duas empresas estão a discutir com os clubes o regresso da Premier League, possivelmente no próximo mês, e a ideia está em cima da mesa.

“O maior espetáculo de televisão na história seria dentro de um balneário de futebol,” diz Hargreaves, em entrevista ao jornal inglês “Daily Mail”. “Seria único. Neste mundo, queremos ver tudo. O documentário do Michael Jordan, as pessoas verem aquilo, mesmo 20 anos depois… Uau.”

“Seria incrível mas algumas coisas têm de ser mantidas em privado. No calor do momento, tens 25 pessoas competitivas de todos os cantos do mundo, falando diferentes línguas, com diferentes emoções. Dizem-se muitas coisas. Algumas boas, algumas más, algumas não transmissíveis.”

Apesar das conversações, Hargreaves não está otimista. “Honestamente, acho que não haveria nada melhor. Mas não penso que seja realista. Não me parece que as equipas aceitem. (…) Se eu pudesse ver, adoraria. Mas tens de ter a aprovação dos treinadores e dos jogadores.”

Quando o Liverpool defrontou o Red Bull Salzburgo, a palestra do treinador dos austríacos, Jesse Marsch, foi transmitida em direto. Mas “Jurgen Klopp disse que, se isso alguma vez acontecesse em Anfield, ele sairia,” lamenta Hargreaves. Isso talvez queira dizer que dificilmente a ideia do antigo médio irá ser concretizada tão depressa.