Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Mourinho e Ronaldo pegaram-se no Real Madrid em 2013. Modric recorda: “Vi o Ronaldo desesperado, à beira das lágrimas”

O jogador croata conta o episódio na sua biografia. O treinador português terá feito críticas duras aos jogadores portugueses da equipa e só a intervenção dos colegas evitou que a discussão se transformasse em algo mais

Tribuna Expresso

Angel Martinez/Getty

Partilhar

Luka Modric editou a sua biografia em Itália. No livro, o croata recorda os episódios marcantes da sua carreira, entre os quais um de 2013, que envolve os dois portugueses mais mediáticos do futebol mundial: José Mourinho e Cristiano Ronaldo.

Treinador e jogador cruzaram-se em Madrid, no Real. De acordo com Modric, um dos momentos menos positivos da convivência entre os dois terá sido num jogo da Taça do Rei, em que Mourinho terá deixado Ronaldo a chorar.

"Fiquei surpreendido com a reação de Mourinho. Estávamos a vencer por 2-0. Ronaldo não foi atrás dos adversários quando perdeu a bola e Mourinho ficou furioso com ele. Os dois discutiram durante um bom tempo em campo e quando, no intervalo, voltámos para o balneário, vi o Ronaldo desesperado, à beira das lágrimas. E ele disse: 'Faço o meu melhor e ele continua a criticar-me'," recorda Modric.

Tudo terá acontecido quando o treinador terá criticado os seus compatriotas pela irresponsabilidade durante o jogo. Segundo Modric, “apenas a intervenção dos companheiros evitou uma luta entre eles”.

"Mourinho entrou e começou a criticar os portugueses pela sua responsabilidade durante o jogo, ficaram tão quentes que apenas a intervenção dos companheiros evitou uma verdadeira luta entre eles", explica ainda o médio croata no livro.