Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Piloto do helicóptero que transportava Kobe Bryant relatou que estava a subir quando, de facto, descia

Na comunicação que fez via rádio antes do acidente, Ara Zobayan terá referido que subia quando, na realidade, mergulhava em direção à colina contra a qual viria a despenhar-se

Tribuna Expresso

USA Today Sports

Partilhar

Segundo o “The Guardian”, o piloto do helicóptero que se despenhou quando transportava Kobe Bryant e sete outros passageiros, incluindo a filha do basquetebolista, reportou que estava a subir quando, na realidade descia. As condições difíceis, com nevoeiro denso, poderão ter confundido o piloto.

Em documentos apresentados na quarta-feira, Ara Zobayan enviou mensagem via rádio aos controladores de tráfego aéreo dizendo que estava a subir para os 4.000 pés para ficar acima das nuvens quando, de facto, o helicóptero estava a mergulhar em direção a uma colina, contra a qual se viria a despenhar.

O relatório das autoridades americanas diz que que o piloto pode ter ficado desorientado por causa da baixa visibilidade. Peritos disseram pouco depois do acidente que a rota do aparelho indicia que Zobayan teria perdido a orientação.

As 1.700 páginas de relatórios não oferecem qualquer conclusão acerca da causa do acidente mas compilam factos. Mais tarde, espera-se um relatório final sobre o motivo do desastre.

Kobe Bryant, a sua filha de 13 anos, Gianna, o piloto Ara Zobayan e seis amigos do basquetebolista morreram no acidente. Até agora as autoridades disseram sempre que não havia sinais de falha mecânica no helicóptero.