Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“Impecável num minuto, a tropeçar em si próprio no seguinte”, David Luiz é “um dos maiores enigmas por resolver no futebol”

O jornal “Daily Mail” pega nos erros do brasileiro durante o último jogo do Arsenal, frente ao Manchester City, e tenta explicar um percurso de altos e baixos no Chelsea e no Arsenal

Tribuna Expresso

David Luiz nos tempos do Benfica

FRANCISCO LEONG

Partilhar

“Impecável num minuto, a tropeçar em si próprio no seguinte.” É assim que o “Daily Mail” descreve David Luiz, “um dos maiores enigmas por resolver no futebol”. Apesar de treinadores como José Mourinho ou Antonio Conte terem tentado “resolvê-lo”, as complexidades que fizeram do brasileiro “um dos mais enigmáticos jogadores da Premier League” permanecem.

Na passada quarta-feira, quando o passe de Kevin de Bruyne foi ter com Raheem Sterling depois de ter batido na coxa do antigo defesa do Benfica quase se puderam ouvir os gritos de desespero de toda a região norte de Londres. “Sem surpresa,” diz o “Daily Mail”.

A verdade é que David Luiz ainda não está no Arsenal há um ano, mas no clube existe a plena perceção de que o brasileiro comete erros. No entanto, o que consta por aí é que a coisa bateu no fundo no último jogo, a derrota por 3-0 frente ao Manchester City, com David Luiz a ser expulso.

Uma estatística infeliz fez-se ver no desaire com a equipa de Pep Guardiola: o brasileiro foi o primeiro jogador a ser expulso, a conceder um penalti e a cometer um erro que levou a um golo adversário num jogo da Premier League nos últimos cinco anos.

Há mais gente em Londres a conhecer bem as debilidades de David Luiz. Nas duas passagens pelo Chelsea, o defesa colecionou momentos infelizes. Mas nem tudo pode ser mau, se olharmos para o percurso do jogador e para os valores que os clubes foram gastando com a sua contratação. David Luiz ganhou 19 troféus nas equipas em que jogou e tem ainda 56 internacionalizações pelo Brasil. O “Daily Mail” refere que “num dia bom, o brasileiro é um defesa central Rolls-Royce, um futebolista capaz de ditar o ritmo de um jogo a partir do coração da defesa”.

O antigo jogador do Benfica está prestes a terminar o contrato que o liga ao Arsenal mas, de acordo com a imprensa inglesa, o clube de Londres quer pôr tudo em pratos limpos no início da próxima semana. David Luiz quererá renovar por dois anos mas os Gunners pretendem oferecer-lhe apenas um.

Consta que a relação entre Arteta, treinador do Arsenal, e David Luiz é boa. O técnico confia na experiência do central desde que ingressou no clube. O mesmo não acontecia nos tempos de Antonio Conte, no Chelsea, até ao momento em que o italiano deixou os Blues. No pouco tempo com Frank Lampard, diz-se que o inglês não ficou impressionado com o desempenho do brasileiro.

Há uma questão secundária, é certo, mas digna de registo: David Luiz é adorado pelos jogadores jovens do Arsenal e do Chelsea. Ele recebe bem os jovens profissionais nos treinos, tem um rosto amigável no início de cada jogo, mas será isso suficiente para que o Arsenal pague 120.000 libras por semana a um jogador de 33 anos?