Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

841 km/h. Jessi Combs deu a vida para bater o recorde de velocidade em terra

A americana era piloto de corridas e personalidade da televisão do seu país. Foi-lhe atribuído agora o recorde de maior velocidade em terra para uma mulher. Jessi morreu o ano passado, precisamente na tentativa de atingir esse feito

Tribuna Expresso

Frederick M. Brown

Partilhar

O Guinness atribuiu a Jessi Combs o record de mulher mais rápida do mundo num carro. Jessi, natural do Dacota do Sul, morreu em 2019, precisamente quando se preparava para quebrar o record.

O famoso livro diz que, ao atingir uns impressionantes 841,338 quilómetros por hora, Jessi bateu o tempo de Kitty O’Neil em 1976 (821,89 km/h). Combs foi a primeira mulher a tentar sequer fazê-lo em mais de 40 anos.

A corrida contra o tempo realizou-se em agosto de 2019, num carro a jato, no deserto de Alvord, no Sudeste do Oregon. Jessi tinha 39 anos. Depois de ter iniciado a carreira como construtora de carros “hot-rod”, Combs participou em vários programas de televisão dedicados aos automóveis mas não só.

Terry Madden, amigo próximo e companheiro de equipa, disse no Instagram que não sabia como se sentir com o reconhecimento: “Nenhum record vale o facto de ela não estar aqui”. “Mas era um objetivo que ela realmente perseguia – e mesmo que seja tão difícil para mim olhar para o carro sem começar a chorar, estou tão orgulhoso dela. Ela acordou naquela manhã com um alarme que dizia ‘vamos fazer história’ e tivemos um dia fantástico.”