Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Com Setién na corda bamba, ingleses apontam Ronald Koeman ao comando do Barcelona

O “Daily Mail” refere que o antigo treinador do Benfica e atual selecionador holandês comprou uma casa na cidade catalã, o que pode significar que vem aí substituição de técnicos no banco do Barcelona

Tribuna Expresso

Ronald Koeman liderou o Benfica em 2005/06

Jon Buckle - EMPICS

Partilhar

O selecionador holandês Ronald Koeman foi visto a mudar-se para uma nova casa em Barcelona, na terça-feira. Quem o diz é o jornal inglês “Daily Mail”, que adianta a hipótese de Koeman estar a preparar-se para treinar o clube em que foi tão bem-sucedido como jogador.

O antigo técnico do Benfica, de 57 anos, já foi antes associado ao cargo, nomeadamente quando Ernesto Valverde foi despedido em janeiro. O próprio Koeman admitiu que tinha recusado uma oferta do clube catalão. Na altura, o Barcelona acabou por anunciar Quique Setién mas as coisas nunca foram pacíficas e têm-se deteriorado nas últimas semanas.

“Recebi uma chamada de Barcelona, mas eu queria manter a palavra e treinar a Holanda no Campeonato da Europa,” disse então Koeman à Rádio Catalunha. “Tenho a possibilidade de sair depois do torneio, mas agora não é tempo de pensar nisso. (…) Todos sabem que o meu sonho é treinar o Barcelona e espero ter outra oportunidade no futuro.” Talvez esse dia tenha chegado.

Relatos de que Setién perdeu a confiança dos jogadores tornam credível a ideia de que o técnico espanhol está de saída. A insatisfação intensificou-se após mais um empate, desta feita com o Atlético de Madrid, na terça-feira, depois de os catalães já terem empatado com o Celta de Vigo no fim de semana.

Em maio passado, Ronald Koeman foi operado ao coração, em Amesterdão. Depois de queixas de dores no peito, o holandês foi levado para o hospital, onde foi imediatamente submetido a uma cirurgia. No dia seguinte, Koeman regressou a casa, com o hospital a emitir um comunicado que confirmava o sucesso da operação.