Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Real Madrid perdeu a paciência com o ex-Benfica Luka Jovic e já o pôs à venda

O antigo jogador do Benfica prometia muito mas os dois golos marcados e a personalidade complicada fizeram com que o clube deixasse de acreditar no sérvio. O facto de Zidane apreciar as suas qualidades futebolísticas não será suficiente

Tribuna Expresso

NurPhoto

Partilhar

Quando Luka Jovic, de 22 anos, chegou ao Real Madrid no verão passado, trazia o rótulo de goleador e a ideia de ser alternativa a Benzema. Os golos ao serviço do Eintracht de Frankfurt do jogador parcialmente formado no Benfica levavam a crer que poderia ser o novo número nove do Real.

Um ano mais tarde, o avançado é considerado uma desilusão por todos. De tal forma que o clube está oficialmente aberto a propostas por ele. Se a ideia inicial era que fosse emprestado para ganhar minutos de jogo, agora parece que mesmo essa hipótese está posta de parte. E mesmo que isso esteja a acontecer com outros jogadores do plantel, no caso de Jovic falamos de uma contratação cara de um dos clubes mais poderosos do mundo.

O jornal “Marca” destaca o caráter “frio e reservado” do jogador sérvio, que também não deverá ter ajudado à sua perfeita integração na equipa. No início da temporada, foram-lhe dadas oportunidades mas elas foram desaparecendo com a fraca resposta do avançado em campo.

Para além da componente desportiva, Luka Jovic tem atuado de forma estranha nos últimos meses. Primeiro, foi à Sérvia durante o confinamento. Regressou lesionado, participou num churrasco com Maksimovic, do Getafe, e Saponjic, do Atlético de Madrid, desrespeitando o protocolo da liga. Jovic ainda visitou um amigo que, no dia seguinte, deu positivo nos testes à Covid-19. Nessa altura, o sérvio avisou os serviços médicos do clube, que o colocaram em isolamento em casa, o que Jovic respeitou.

O Real Madrid pagou 60 milhões de euros pelo jogador, com resultados muito fracos a nível desportivo. Com apenas dois golos marcados e apesar de ter em Zidane um apoio, parece pouco provável que Luka Jovic continue em Madrid. Ainda assim, não devem faltar clubes interessados nos seus serviços.