Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Akinfenwa queria que Klopp lhe ligasse no WhatsApp e o alemão fez-lhe a vontade. “O dia de hoje já não pode melhorar!”

Adebayo Akinfenwa tornou-se conhecido há semanas quando foi para o treino do Wycombe, onde joga, com a camisola do Liverpool, para celebrar a conquista do título inglês. Agora, o Wycombe subiu à segunda divisão inglesa e o avançado de 38 anos teve direito a um presente especial

Tribuna Expresso

Richard Sellers - EMPICS

Partilhar

O treinador do Liverpool, Jurgen Klopp, abrilhantou a noite do fã do Liverpool e jogador do Wycombe Adebayo Akinfenwa, ao enviar-lhe uma mensagem de parabéns depois de a sua equipa ter garantido a promoção ao Championship, a segunda divisão inglesa. O avançado tinha pedido que o treinador alemão lhe desse “um toque no WhatsApp” depois da vitória sobre o Oxford United.

Klopp cumpriu o desejo do jogador conhecido como “The Beast”, enviando os parabéns a Akinfenwa, que partilhou o vídeo no Twitter, acrescentando: “Estás maluco?! O homem, o mito, a lenda, enviou-me um WhatsApp. O dia de hoje já não pode melhorar. Obrigado, Klopp!”

No vídeo, o alemão diz: “Olá, grandalhão. Parabéns, eu vi o jogo, não vi as entrevistas depois do jogo, mas o Hendo [Jordan Henderson] e os rapazes disseram-me para entrar em contacto contigo no Whatsapp e cá estou eu. Parabéns. Tenho a certeza de que ao longo da tua vida querias ser pelo menos jogador do Championship e agora, finalmente, estás lá. Parabéns. Grande, grande vitória”.

Akinfenwa, de 38 anos, ajudou o Wycombe a chegar pela primeira vez ao segundo escalão do futebol inglês. Em 2016, o jogador foi dispensado do Wimbledon, após ter ajudado o clube a subir à League One, terceira divisão inglesa. Ficou momentaneamente conhecido por se ter declarado desempregado, pedindo aos treinadores interessados que lhe dessem “um toque no WhatsApp”.

Para além de Klopp, também Virgil Van Dijk e Jordan Henderson enviaram mensagens de parabéns ao jogador.