Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Bernardo Silva: “Seria definitivamente especial ganhar a Liga dos Campeões em Lisboa”

O jogador português aconselhou os colegas a ignorar o estatuto de favoritos na Liga dos Campeões, dando como exemplo a forma como a Juventus foi eliminada pelo Lyon, o adversário do City no sábado

Tribuna Expresso

Tom Flathers/Getty

Partilhar

Ao mesmo tempo que a equipa de Pep Guardiola eliminava o Real Madrid, o clube que venceu a competição 13 vezes, a Juventus, duas vezes campeã, era eliminada pelos franceses do Lyon que, tal como o City, nunca venceu a Liga dos Campeões.

Sobre o favoritismo do Manchester City, Bernardo Silva disse ao jornal inglês “The Guardian”: “Tudo pode acontecer. A Juventus foi eliminada pelo Lyon. Vimos muitas surpresas na competição nos últimos anos. Perdemos com o Tottenham o ano passado nos quartos de final. É muito difícil prever os jogos e os resultados desta competição.”

“O facto de o Liverpool e o Real Madrid estarem fora de competição não vai fazer-nos a vida mais fácil. Esse costumava ser um pensamento errado. Precisamos de ir jogo a jogo, estarmos focados, sabendo que cada jogo vai ser duro. Todas as equipas em Lisboa estão cá porque merecem. Precisamos de estar ao nosso melhor nível para ganhar os jogos e tentar chegar à final.”

O jogador formado no Benfica conhece bem o Lyon tendo passado três anos nos rivais do Mónaco. “Joguei muitas vezes contra eles,” disse. “Também aqui no Manchester City defrontámo-los a época passada e não foi fácil. Não conseguimos batê-los em nenhum dos jogos do grupo. Isso mostra a dificuldade da equipa deles. Não apenas o Lyon, mas todas as equipas francesas são muito físicas, muito fortes e em apenas um jogo torna-se imprevisível.”

Sobre vencer a competição mais importante do futebol europeu, Bernardo Silva não esconde a ambição: “Claro, ganhar esta competição sempre foi um objetivo para os jogadores e para o clube. Será muito especial se ganharmos. Para mim, ainda mais, porque é a minha cidade e é uma motivação extra lutar pelo troféu aqui”. O médio nascido em Lisboa admitiu que “seria definitivamente especial ganhar a Liga dos Campeões em Lisboa”.