Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Manchester City vai oferecer um contrato de dois anos a Messi para que este se reencontre com Pep Guardiola

O mercado dos tubarões anda ao rubro desde que o argentino deu a entender que iria sair do Barcelona. Os Citizens apostam forte em contratar o jogador e já terão enviado o diretor para o futebol a Barcelona para tentar um acordo

Tribuna Expresso

Manu Fernandez

Partilhar

O reencontro entre Lionel Messi e o antigo treinador do Barcelona Pep Guardiola será certamente apelativo para o argentino. O Manchester City sabe disso e aposta forte na contratação do jogador, embora sabendo que não será fácil levá-lo para o Etihad.

Desde que são milionários, os Citizens vivem com a ambição de conquistar a Liga dos Campeões. Um jogador como Leo Messi poderia ser fulcral para galvanizar o resto da equipa e levá-la à glória europeia. A importância da contratação levou o clube a enviar a Barcelona o diretor para o futebol, Txiki Begiristain, com vista a um acordo com Messi. De acordo com a Cadena Ser, em caso de sucesso na contratação de Messi, os Citizens estariam dispostos a prolongar o contrato para além dos dois anos iniciais.

Leo Messi está em disputa com o Barcelona e não apareceu aos dois primeiros treinos da pré-época. O jogador de 33 anos sentiu que era livre para deixar o clube devido a uma cláusula no seu contrato mas a Liga espanhola afirmou que Messi ainda é jogador do Barcelona, com o contrato a terminar apenas a 30 de junho de 2021. Isto significa que qualquer clube que o queira levar terá de pagar a cláusula de rescisão de 700 milhões de euros.

Messi pode ter de pagar uma multa de mais de um milhão de euros, para além de ser suspenso, depois de ter falhado o início dos treinos de pré-época. O pai do jogador deverá reunir com a direção do Barcelona esta semana numa tentativa de resolver a situação.