Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Luka Jovic quer jogar e Zidane quer que o sérvio acumule minutos mas não será no Real Madrid

O ex-benfiquista procura clube para poder ser titular e somar minutos, o que não acontecerá certamente no clube da capital espanhola

Tribuna Expresso

NurPhoto

Partilhar

De acordo com o jornal “Marca”, as três partes – jogador, treinador e clube – procuram uma oportunidade para que o avançado recupere a boa forma que mostrou no Eintracht de Frankfurt e que levou a que o Real Madrid o contratasse no verão de 2019. No Real, pouco se viu do Jovic que, depois de ter passado pela formação do Benfica, assombrou a Bundesliga e a Liga Europa. Chegou a Madrid como alternativa a Benzema mas poucas oportunidades teve.

O sérvio jogou 27 vezes durante a época passada, somando apenas 807 minutos, tendo marcado dois golos. São números muitos distantes do que se esperava de um jogador que aspirava a ser titular ou, pelo menos, opção credível para substituir Benzema. O francês ganhou preponderância na equipa branca, enquanto Jovic jogou de início apenas oito vezes.

Antes de assinar pelo Real Madrid, várias equipas mostraram interesse no avançado sérvio, incluindo o Barcelona. Nas últimas semanas, o AC Milan tem mostrado alguma vontade de levar Jovic para Itália, mas também o Hertha e outras equipas da Bundesliga têm feito perguntas.

Os dirigentes do Real Madrid vêm com agrado a possibilidade de emprestar o jogador para que este confirme o que mostrou na liga alemã e regresse ao clube campeão espanhol mais motivado e com outra dinâmica que permita rentabilizar um investimento avultado.