Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Viúva de Kobe Bryant indignada com o xerife de Los Angeles: “Os seus agentes tiraram e partilharam fotografias das vítimas”

Os polícias responsáveis pelo local do acidente de helicóptero que vitimou Bryant, a sua filha e os outros ocupantes da aeronave terão tirado fotografias às crianças mortas sem outro fim que não o de divulgá-las na internet

Tribuna Expresso

Lintao Zhang

Partilhar

Enquanto a imprensa continua à espera da resposta de LeBron James ao xerife de Los Angeles, que pediu ao jogador da NBA que dobrasse o montante oferecido como recompensa para a captura do homem que disparou contra dois polícias no passado dia 12 de setembro, foi a viúva de Kobe Bryant a dirigir-se ao chefe das autoridades.

Vanessa Bryant teceu duras críticas a Alex Villanueva: “Não deveria desafiar LeBron James a igualar uma recompensa ou a dar um passo em frente. Ele nem sequer deu um passo em frente para responsabilizar os seus agentes por fotografarem as crianças mortas”. Noutra publicação no Twitter, Vanessa questiona-se: “Como pode falar de confiar no sistema? Não se pode confiar no seu departamento para tomar conta do local do acidente de Kobe Bryant. Os seus agentes tiraram e partilharam fotografias das vítimas”.

A publicação refere-se às fotografias que oito agentes do xerife tiraram do acidente de helicóptero em que faleceram Kobe Bryant, a sua filha Gianna e os outros sete tripulantes da aeronave. Vanessa ficou indignada com a atitude e não tardou a denunciar os agentes implicados.

Mais tarde, o xerife confirmou que as fotografias não tinham qualquer ligação ao caso, o que indignou ainda mais a viúva do antigo basquetebolista. “Não havia um propósito da investigação para tirar essas fotografias do sítio do acidente. Os agentes tiraram-nas para fins pessoais,” disse o comunicado em nome de Vanessa Bryant.

“A senhora Bryant sofreu uma imensa tragédia ao perder o marido e a filha. A sua dor agravou-se com a má conduta dos agentes do xerife. Está extremamente preocupada com o facto de não terem guardado todas as cópias das fotografias e é uma questão de tempo até que ela ou as suas filhas as encontrem na internet,” continuou o comunicado.