Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Chama-se Kazuyoshi Miura e é o mais velho a jogar na primeira divisão japonesa. Tem 53 anos

Trinta e quatro anos depois da estreia como profissional, o avançado japonês tornou-se o jogador mais velho de sempre a atuar na primeira divisão japonesa, no jogo em que liderou o Yokohama FC

Tribuna Expresso

Hiroki Watanabe

Partilhar

É conhecido como “King Kazu” e começou a carreira no Brasil, em 1986, porque o Japão não tinha uma liga profissional onde ele pudesse jogar. No último jogo, entre o seu Yokohama FC e o Kawasaki Frontale, não conseguiu evitar a derrota por 3-2, mas liderou os colegas envergando orgulhosamente a braçadeira de capitão.

Quando foi substituído, perto dos 60 minutos, Miura foi aplaudido de pé pelos 4.700 adeptos presentes no Estádio Todoroki. Não é todos os dias que se vê jogar ao mais alto nível alguém com 53 anos. “Quando entrei em campo, senti um profundo desejo de cumprir o meu dever e honrar os sentimentos de todos naquela braçadeira,” declarou Miura à agência noticiosa Kyodo.

Este foi o primeiro jogo de Miura na principal categoria do futebol japonês desde 2007. O Yokohama jogou na segunda divisão durante 12 anos até ser promovido na época passada. Miura, que marcou 55 golos em 89 jogos pelo Japão e cumpriu a última internacionalização em 2000, quebrou o recorde de Masashi Nakayama, que tinha 45 anos quando jogou pelo Consadole Sapporo, em 2012.

O “King Kazu” não foi o único veterano em campo na quarta-feira. O antigo internacional japonês que passou pelo Celtic de Glasgow, Shunsuke Nakamura, de 42 anos, também alinhou no onze inicial do Yokohama.