Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Klopp: “Eu ouvi bem? O senhor Roy Keane disse que tivemos uma atuação desmazelada esta noite? Talvez estivesse a falar de outro jogo”

A boa disposição do técnico alemão foi quebrada pelas palavras que ouviu do agora comentador televisivo. Só que Klopp ouviu-as fora de contexto e acabou por ter de admiti-lo mais tarde

Tribuna Expresso

Carl Recine

Partilhar

O treinador do Liverpool disse que adorou “cada segundo” da convincente vitória sobre o Arsenal por 3-1 e apressou-se a rejeitar as alegadas sugestões do comentador Sky e antigo jogador do Manchester United, Roy Keane, de que a sua equipa teria sido desmazelada, por vezes.

“Foi um excelente jogo. (…) A forma como jogámos, gostei muito. Estivemos impenetráveis e mantivemo-los nos 25 metros à frente da sua baliza. Cada bola que perdes é um potencial contra-ataque; todos conhecem a velocidade que eles têm. É preciso um misto de coragem, flexibilidade, jogo direto e estarmos completamente protegidos.”

Minutos após o apito final, Klopp sacou da espada para um duelo com Roy Keane, ao ouvir o antigo capitão do Manchester United descrever os Reds como “desmazelados numa ou duas ocasiões lá atrás”. “Eu ouvi bem que o Sr. Keane disse que tivemos uma atuação desmazelada esta noite? Ele disse isso? Talvez estivesse a falar de outro jogo. Não pode ter sido deste, desculpem. É uma descrição incrível. Isto foi excecional. Nada foi desmazelado, nada,” apressou-se a responder o alemão.

Na verdade, Keane tinha elogiado a atuação do Liverpool e Klopp não tinha ouvido a mensagem na totalidade, algo que admitiu mais tarde. “Não se pode defender contra o Arsenal durante 90 minutos com a qualidade que eles têm,” disse Klopp. “É completamente normal que eles criem ocasiões.”

Já o treinador do Arsenal, Mikel Arteta, disse que o Liverpool “provavelmente elevou a fasquia o mais alto que a Premier League viu em muitos anos” e satisfê-lo que os seus jogadores tenham ficado “perturbados e chateados” por terem perdido.