Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Antigo jogador australiano de râguebi investigado por uso de drogas e violência doméstica. O clube é acusado de encobrir os crimes

Sam Burgess, antiga estrela dos South Sydney Rabbitohs, está sob suspeita da polícia australiana devido a “fortes alegações” de ter usado drogas e de ter abusado fisicamente de uma mulher

Tribuna Expresso

Ian Hitchcock

Partilhar

A polícia de Nova Gales do Sul, na Austrália, e a Liga Nacional de Râguebi (NRL) estão a investigar alegações “muito sérias” contra os South Sydney Rabbitohs e o antigo jogador do clube, Sam Burgess. Este confirmou que se demitiu do cargo de treinador na antiga equipa depois de o jornal “The Australian” ter publicado, na sexta-feira, acusações detalhadas de uso de drogas e violência doméstica. A notícia alega que o clube tentou encobrir a má-conduta.

O diretor executivo da NRL, Andrew Abdo, disse que a unidade de integridade do organismo iria falar com as autoridades hoje, sexta-feira, estando disponível para colaborar com as investigações policiais. “Estas alegações são muito sérias e eu instrui a unidade de integridade para considerar esta investigação uma prioridade. Vamos procurar também aconselhar-nos junto da polícia e de outras autoridades durante o processo,” disse Abdo.

O dirigente continuou: “Não há lugar na nossa modalidade para a violência, o assédio ou o abuso de mulheres. Se alguém for considerado culpado destas alegações, vamos tomar as atitudes mais rigorosas possíveis”.

O advogado de Burgess negou todas as alegações, de acordo com o “The Australian”: “As alegações são falsas e constituem uma difamação indefensável contra o meu cliente.”

Em comunicado, os Rabbitohs disseram que o clube está a tratar as alegações “muito preocupantes” com a “maior seriedade” e comprometeu-se a cooperar com a unidade de integridade da NRL. “Não há lugar na nossa sociedade para a violência, o assédio ou abusos contra mulheres,” acrescentava o comunicado. “Se alguém for considerado culpado deste tipo de alegações, o clube tomará as medidas necessárias.”

Uma porta-voz da polícia local confirmou ao “The Australian” que recebeu queixas “relacionadas com a conduta de um homem de 31 anos”. “A polícia deu início a inquéritos, mas estes ainda estão no início, pelo que não serão feitos quaisquer comentários para já,” disse a porta-voz da polícia.

Burgess pôs fim à carreira de jogador no fim da época passada depois de dois períodos com os Rabbitohs. Na primeira passagem, ajudou a equipa a conquistar o título australiano, em 2014, tendo jogado a grande final com um osso da cara fraturado. Antes de regressar ao clube de Sydney, Burgess jogou em Inglaterra e representou a seleção australiana no Mundial de 2015. Um problema crónico no ombro obrigou-o a deixar o relvado e a assumir um lugar na equipa técnica do clube.