Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Jorge Mendes terá recebido sete milhões de euros na transferência de Trincão para o Barcelona. Rui Pinto comentou

Italianos denunciaram o caso na quinta-feira, confessando a incredulidade perante a comissão de 23 por cento recebida pelo empresário português. Rui Pinto diz que é “a prática habitual”

Tribuna Expresso

MIGUEL RIOPA/Getty

Partilhar

Trincão mudou-se para Barcelona, deixando o Sporting de Braga com 31 milhões de euros de compensação. Mas o negócio está a causar polémica, depois de o site italiano “Calciomercato” ter divulgado que a Gestifute, empresa do poderoso Jorge Mendes, recebeu sete milhões de euros de comissão, ou seja, 23 por cento do total da transferência.

A publicação italiana comentou: “Achámos bizarro o mecanismo de bónus em benefício do agente”. O “Calciomercato” sustentou a notícia com os contratos assinados pelas partes.

Nas redes sociais, o alegado hacker, autor dos Football Leaks, Rui Pinto, comentou: “Esta é a prática habitual utilizada pela Gestifute, ao longo dos últimos anos, nos contratos assinados com certos clubes portugueses”. O português garante que há mais casos como o de Trincão.