Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Cavani acabou de chegar a Manchester. “Seria muito bom jogar no Boca Juniors”, disse ele

Depois da telenovela “Para onde vai Cavani?”, o avançado deixou os ingleses confusos ao afirmar, dias depois de assinar pelos Red Devils, que gostava de jogar no Boca Juniors. Mas o uruguaio diz-se focado no United

Tribuna Expresso

David Vincent

Partilhar

Depois de ser o grande protagonista dramático do mercado de verão, o uruguaio Edinson Cavani já está a causar espanto em Inglaterra, para onde – afinal – foi, atraído pelo projeto do Manchester United. Acabadinho de chegar, Cavani declarou que gostava de acabar a carreira na Argentina.

O jogador de 33 anos assinou pelos Red Devils no último dia do mercado, numa transferência livre, depois da sua saída do Paris Saint-Germain no final da época passada. Para além de Benfica ou Real Madrid, o uruguaio foi seguido por outros clubes, que o tentaram convencer, sem sucesso. Um desses emblemas foi o Boca Juniors, histórico da Argentina, cujo presidente, Juan Roman Riquelme, conversou várias vezes com Cavani.

“Roman escreveu-me com grande respeito, quis saber como era a minha situação, com um salário muito particular e tivemos uma conversa respeitosa,” disse o uruguaio à ESPN. “O Boca é um gigante do mundo, qualquer futebolista gostaria de lá jogar. Houve vários uruguaios a jogar lá. (…) Há alguns segredos da conversa com o Roman, terão de perguntar-lhe se ele quer revelá-los. Vamos ver o que acontece no futuro. Seria muito bom jogar no Boca um dia.”

Cavani assinou um acordo de um ano com o clube inglês, com a possibilidade de extensão por mais uma época, no valor de aproximadamente 10 milhões de libras por temporada. Apesar das declarações, o uruguaio diz-se focado no United: “Quero fazer o meu melhor aqui. Sinto-me bem”.