Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Klopp responde aos críticos: “Há algumas razões para não serem eles a ocupar o meu lugar”

O treinador do Liverpool respondeu a Jamie Carragher, antigo defesa dos Reds, que questionou o facto de o clube não se ter reforçado na zona defensiva

Tribuna Expresso

Carl Recine

Partilhar

Os campeões da Premier League perderam um pilar fundamental da defesa com a lesão grave de Virgil van Dijk, que vai falhar o resto da época. O holandês lesionou-se num lance com Jordan Pickford, guarda-redes do Everton, no dérbi de Liverpool.

Jamie Carragher, antigo jogador dos Reds e atual comentador televisivo, acredita que o Liverpool ficou com um plantel demasiado limitado na defesa e deveria ter “apostado em grande” no verão. Klopp não gostou dos comentários e argumentou que não conseguiria “fazer feliz” mais um central de grande qualidade.

“Começámos a época com três defesas centrais, Fabinho como recurso e alguns jovens. É difícil ter quatro defesas centrais de classe mundial. Se alguém nos quiser dizer que cometemos um erro – penso que Carragher já o disse – há algumas razões para não serem eles a ocupar o meu lugar,” disse Klopp, zangado.

Carragher defendeu os seus comentários no Twitter: “Nem uma vez esta época eu disse que era um erro Klopp não comprar um defesa central pela mesma razão que ele refere”. Na Sky Sports, Carragher tinha dito, sobre a situação defensiva do Liverpool, que “Dejan Lovren saiu e ninguém o substituiu, por isso têm apenas três defesas centrais e um deles, Joel Matip, está sempre lesionado. Agora há dúvidas quanto a Joe Gomez. Não há dúvidas de que o Liverpool tem de apostar forte no mercado de transferências”.

Estes comentários enraiveceram Klopp, mas o colega de Carragher na Sky, Gary Neville, viu o lado cómico da situação, reagindo à situação com um comentário no Twitter: “Já estão à pancada…”.

Carragher não se limitou a criticar Klopp como sugeriu mesmo que o Liverpool contrate o jogador francês do RB Leipzig Dayot Upamecano em janeiro. O antigo internacional inglês também falou de Conor Coady, capitão do Wolverhampton, questionando se o jogador de Nuno Espírito Santo estaria interessado em regressar ao Liverpool.