Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

“Como é que Pepe não foi expulso? Uma joelhada no corpo é muito mais dolorosa do que tocar na cara de alguém”

Já na segunda parte do encontro da Liga dos Campeões, Raheem Sterling foi atingido pelo joelho do experiente defesa do FC Porto sem que o árbitro tivesse intervindo. A imprensa inglesa diz que Pepe mostrou o seu lado "maldoso"

Tribuna Expresso

Robbie Jay Barratt - AMA

Partilhar

O internacional inglês Raheem Sterling envolveu-se numa situação pouco bonita com Pepe, com a imprensa inglesa a cair em cima do defesa luso-brasileiro. Foi já na segunda parte, quando o resultado era de 3-1 para o City, que “as frustrações de Pepe vieram ao de cima”, diz o jornal inglês “Daily Mail”.

Sterling tentou cavar um penálti. O defesa de 37 anos gritou com o jogador do City e em seguida pisou-lhe a mão deu-lhe com o joelho. O jornal inglês queixa-se do facto de não ter havido intervenção do VAR para punir Pepe.

Sterling já tinha ganho um penálti por falta de Pepe, aos 20 minutos, que valeu ao City o empate, na altura. Esse lance terá sido a faísca que incendiou o resto do jogo, sempre que ambos se encontravam.

Houve alguma revolta nas redes sociais, segundo o jornal inglês, que diz que “Pepe é conhecido pelo seu lado maldoso” desde que atuou no Real Madrid. Os internautas indignados queriam que o central tivesse visto o cartão vermelho. Um dos comentários foi: “Uma joelhada no corpo é muito mais dolorosa do que tocar na cara de alguém, o que é suficiente hoje em dia para se ser expulso”. Outro limitou-se a perguntar: “Como é que o Pepe não foi expulso?”.