Tribuna Expresso

Perfil

Revista de Imprensa

Depois da derrota com o Shakhtar Donetsk, Zidane demorou mais de uma hora a chegar à sala de imprensa. “Faltou-nos um pouco de tudo”

O técnico francês do Real Madrid mostrou-se desiludido com o desempenho da equipa frente ao campeão ucraniano. “Faltou-nos a confiança”

Tribuna Expresso

Soccrates Images/Getty

Partilhar

Zinedine Zidane levou mais de uma hora a aparecer na conferência de imprensa após o jogo com os ucranianos do Shakhtar Donetsk, treinados por Luís Castro. Já sentado em frente à comunicação social, o técnico francês admitiu: “Faltou-nos confiança”.

Apesar da lesão de Eden Hazard e do facto de Karim Benzema ter ficado no banco, o onze apresentado por Zidane estava recheado de estrelas, algumas com títulos europeus no palmarés. Zidane afirmou: “Faltou-nos a confiança para começar o jogo da forma que sabemos. Na primeira parte não vi a equipa que queria ver e isso é culpa minha”.

A vida continua e o próximo adversário chama-se Barcelona. O Real Madrid vai jogar na Catalunha, no próximo sábado. “Tenho de encontrar as soluções que nos vão tornar fortes novamente e voltar a ganhar,” acrescentou o técnico. Quando questionado acerca da atitude da equipa, Zidane disse: “Faltou-nos um pouco de tudo mas a confiança é o mais importante”.

Também o croata Luka Modric admitiu que a equipa não esteve à altura do seu prestígio: “Não estivemos ao nível necessário para esta competição. O treinador disse-nos que temos de pressionar mais eficazmente. Temos de melhorar e estar unidos agora". E repetiu a frase do treinador: "Faltou-nos confiança”.